sexta-feira, 6 de novembro de 2009

LARGO DA CAPELA, NO ESPORÃO, DOIS MESES SEM LUZ, À ESPERA DA EDP!

Parece que já está à tempo demais sem a luz de um candeeiro público, o nosso Largo da Capela. Precisa-se que a EDP, ou a Câmara de Góis resolvam a situação o mais rápido possível, porque agora até escurece muito mais cedo.
Vá lá, por favor, resolvam lá isso!

17 comentários:

Sobreiras lugar velho do Esporão disse...

Bom dia amigo Abílio
O atraso da restituição da lâmpada,não será por haver dois nomes,"Largo da República e Largo da Capela"que leva os funcionários
da E.D.P.a precisarem do GPS,como a nossa amiga Marisa diz na postagem em Aldeia do Esporão?
Ou porque se está "longe"como Ela diz!
Um bom fim de semana,um abraço
Até logo
A.Filipe

Anónimo disse...

Ponham as placas que quiserem,mas aquele lugar foi e vai-se chamar sempre o Largo da Capela!

A.C.B. disse...

Penso que o atraso terá, talvez, que ver com não existir mais pressão sobre a EDP ou sobre os serviços camarários, não terá por certo que ver com o nome do Largo, aliás, sabes bem que para mim, até morrer, vou designar sempre aquele Largo por Largo da Capela, e se me perguntarem alguma vez onde fica o tal Largo da...não sei quantos...direi sempre que não conheço um Largo com esse nome no Esporão.

Sobreiras lugar velho do Esporão disse...

Olá, boa tarde amigo Abílio
Tomando por princípio,que aceito e respeito os gostos de cada um,e sobre tudo o que possa ser tradição ou costume ou hábitos das pessoas e lugares.
Por exemplo:
Em miúdo,minhas tias,e minha mãe(há cinquenta anos atrás) mandavam-me ir ás "Cortes" fazer recados"zona S.Bento",elas tinham nascido no tempo dos Reis,contavam o dinheiro em escudos e dizem dez reis,etc...
-hoje já não há escudos,mas ainda se diz a palavra muitas vezes,até em contos.
-hoje Assembleia da República,
-Palácio de S.Bento,Parlameto.
-Terreiro do Paço-P.do Comércio
-Ponte Salazar-Ponte 25 de Abril
-calç.de Santos-Ribeiro dos Santos.
Enfim um sem nºde exemplos,que ainda se ouvem pelo 1ºtoponímico, e até com muitos defensores.
E que muitas vezes eu os digo!...
sem qualquer tipo de podor ou de outro sentimento qualquer.
Eu próprio muitas vezes também repito Largo da Capela.
Não creio que a minha observação,no
1º-coment.,aonde faço alusão aos dois nomes tenha criado,qualquer indesposição a ter em atenção o coment.anónimo.
Quanto à posição do meu amigo,
entendo as tuas razões...não gostas da palavra República!...OK

Um abraço
Até logo
A.Filipe

O.Bandeira disse...

Desde que aprendi a ler,que olhava aquela placa e pensava sem nunca ter procurado a ninguem,porque chamava-mos "Largo ou Largo da Capela" se la estava escrito "Largo da Republica"?! Hoje sinceramente acho que aquele espaço da Aldeia e sem duvidas o "Largo da Capela"!

abraço

O.Bandeira

A.C.B. disse...

Amigo Adriano, o comentário anterior ao meu, NÃO é meu!
Mas posso dizer que concordo com ele.
A minha posição não é apenas por não gostar muito da tal palavra "república", que como sabes quer dizer "a coisa pública", aliás, já os Reis de Portugal diziam em documentos oficiais..."das coisas da minha república..." querendo dizer com isso, as coisas da governação pública, não é pela palavra que vem mal ao mundo.
A república, a tal que a carbonária "implantou" em Portugal, essa nunca fez nada pelo Esporão para merecer ter o nome no Largo principal, o nosso "Largo da Capela", que aliás já era assim designado antes de lhe terem colocado tal nome, e até tenho as provas do que estou a dizer.
Polémicas à parte, o que a malta queria era que substituissem o raio
da lâmpada.

(P.S. Amigo Adriano, a haver polémica terias sido tu a começar, eu limitei-me a falar num assunto que achei que merecia ser divulgado a bem da nossa terra, e para localizar o problema tive que referir o local, óbviamente, e não ia nunca designá-lo por um nome com o qual não concordo, e, como bem sabes, contra o qual me bati, e baterei sempre!
Um abraço!)

vera disse...

Esta tudo resolvido!!Os moçoilos da EDP encontraram o Abílio e ele disse que não conhecia o tal Largo ah pois é temos a prova foi ele próprio que postou a resposta ao enigma.
Beijos
Vera

M Barata disse...

Nem mais Vera!!!!
Meus caros, Largo da Republica, ou Largo da Capela, tanto faz!!!
A questão aqui, é que não vêm mudar a lâmpada. E nós, também precisamos de luz!
Abraços

A.C.B. disse...

Será que ninguém da Comissão vê este blog?
Será que é preciso uma reuunião da Direcção para insistir com a EDP e com a Câmara?
Ou será que já foram meter a lâmpada e a gente não sabe?

M Barata disse...

Não ainda não foram, eu estive lá ontem à noite e não estava resolvido.
Já pedi à Comissão, pessoalmente (dado que nem todos ligam a estas coisas da net), para que intervenham também.
E enviei igualmente um email à EDP, para insistir no assi«unto.
Provavelmente se houvesse contacto pessoal com alguem da EDP de Arganil, seria mais fácil resolver este assunto. Vamos esperando!

A.C.B. disse...

Marisa,infelizmente, penso que já não existe nenhuma representação da EDP em Arganil, nem em Góis.

Anónimo disse...

ò Abilio, estás supreendido por a comissão não ver o blog? Não sei porquê, afinal tu nem os teus emails vês.

ADRIANO FILIPE disse...

Bom dia Esporão
Meus amigos,não vou comentar a fundo a situação,porque tenho já receio de entrar em polémicas.

-Admira-me certas situações e pasmo com alguns comentários.

-Julgo que a E.D.P.pertence ao grupo REN,se assim for,não é nesta última entidade que anda por lá uns problemazitos,"$$$"brincadeira!

-Hó Esporão que estás além da Lousã e aquém de Arganil e muito longe do Terreiro do Paço e já nem as novas tecnologias te valem, são uma tristeza estas entidades estatais.

-Na realidade o Esporão vai precisar de "muita luz"pois
"nuvens negras"já deram sinal.
Oxalá o "anti ciclone C."consiga dissipá-las!...
Até logo

Anónimo disse...

Tanta polémica por causa de uma lampâda.
Qualquer pessoa pode ligar para a EDP, o nr. vem em todas as listas telefónicas, se não estou em erro é o 800 506 506, se não é este é outro parecido.
Tempo estimado do serviço: 10 dias

É muito simples.

J M Bandeira

A.C.B. disse...

Não me parece que tenha havido grande polémica, foi mais uma acessa troca de impressões entre gente civilizada, nem foi a lâmpada sequer a causá-la.
Um abraço a todos e esperemos um rápido regresso da "maldita" lâmpada.

pafonso disse...

Foi comunicado à EDP que a lâmpada estava fundida no passado dia 17 de setembro, e já se telefonou para lá reclamar a não substituição da lâmpada.
Ou seja, já passaram quase 2 meses e o largo continua sem luz.

Paulo Afonso

M Barata disse...

Exacto, como indiquei no meu artigo liguei para o número de avaria da EDP (800 506 506) duas vezes, e também me indicaram que o tempo médio são 10 dias.
No segundo contacto, informei que era reincidência e o assistente informou-me que não tinham forma de controlo neste processo depois do registo, mas que repetiriam esta mesma participação.
Esta situação é incómoda de facto, para quem reside no Esporão, e passa no largo.