quarta-feira, 28 de outubro de 2009

MANIA DOS CARTAZES (III)

Pronto, já sei que vão dizer que isto é politíca, que não tem nada a ver com nada, mas quero lá saber.
O homem, Arnaldo Matos, era inteligente, integro e tinha dotes oratórios como nunca mais voltei a ver em nenhum politíco português, nem nada que se pareça.
Faz-nos também regressar aos tempos da juventude, pelo menos aos meus. Pouca importa se não concordo hoje com aquele tipo de sociedade, se não sou do MRPP, o que importa é que é um cartaz histórico, e se havia alguem que dominava bem a técnica da propaganda era o MRPP, se não acreditam, vejam estes:

Um continha uma homenagem ao martir anti-fascista Ribeiro Santos.
E no outro, o comício comemorativo do 5º aniversário do MRPP, onde se nota bem a capacidade de construção de um design simples mas muito bem conseguido e apelativo.

1 comentário:

Sobreiras lugar velho do Esporão disse...

Bom estes cartazes são o máximo.
Lembro-me das pinturas murais feitas por este partido,em zonas desta cidade e não só,que as achei como que de obras de arte se tratassem.Talvez o mesmo partido tenha feito o respectivo registo fotográfico,o que seria bom.
O cartaz alusivo ao Ribeiro dos Santos fez-me recuar no tempo em que frequentava a escola Industrial Fonsêca Benevides,que ficava mesmo defronte da casa aonde Ele morava.Podes imaginar quando foi assassinado,todo o alvoroço naquela zona de Santos.
A calçada que se chamava de Santos,ficou com o nome do malogrado Ribeiro dos Santos em sua homenagem,como lutador antí-fascista.
Enfim tempos que não esquecemos e que não voltem mais.É bom recordar,para não esquecer,a liberdade tem os seus custos.
Obrigado, um abraço
Até logo
A.Filipe